Quer emagrecer? Cuidado com os produtos light e diet

Quando pensamos em fazer uma dieta, a primeira coisa que fazemos é trocar os alimentos do nosso armário para produtos light e diet que tem menos açúcar, gordura, calorias ou sal, não é mesmo? Mas devemos tomar muito cuidado com esses tipos de produtos, pois para manter o sabor agradável para o consumidor, muitas vezes, a indústria compensa a redução de açúcar por gordura, por exemplo, deixando o alimento ainda mais calórico que a versão ‘normal’.

Além disso, se consumir todos os dias produtos diet ou light, pode ter um aumento em 3 vezes de desenvolver doenças degenerativas como Alzheimer ou de ter um AVC, por exemplo.

Por conta disso, você deve ler o rótulo e comparar as duas versões para saber entender qual nutriente foi retirado daquele produto e saber que alimentos light não podem ser consumidos à vontade, pois eles também têm toxinas, além de serem mais calóricos e, por isso, acabam engordando.

Saiba o momento certo de consumir alimentos Diet ou Light

Os produtos diet são indicados para as pessoas que são diabéticas e os light são ideias para quem tem gordura no fígado ou está fazendo regime para emagrecer. Por isso, a pessoa que não se encontra em nenhum desses casos, não deve consumir produtos Diet, nem Light, diariamente.

Mas mesmo as pessoas que “devem” consumir algum produto diet ou light, é necessário comparar essa versão com a ‘normal’, porque muitas vezes, a quantidade de gordura ou sódio é maior, e isso também prejudica a saúde. Conheça mais erros comuns cometidos por quem deseja emagrecer. Assista ao vídeo com a Dra. Izabelle Coe:

A grande diferença entre diet e light está na quantidade do nutriente que foi retirado do produto. Enquanto os alimentos diet têm zero ou apenas uma quantidade muito pequena do nutriente, os alimentos light têm apenas uma redução desse nutriente, que deve ser de pelo menos, 25%.

Saiba como emagrecer sem comer Diet e Light

É possível emagrecer sem comer produtos diet e light, basta optar por produtos integrais, que são ricos em fibras e vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Uma ótima dica é consumir, pelo menos, 3 frutas todos os dias, de preferência com casca, coma salada nas refeições principais e evite os alimentos ricos em açúcar e gordura, como por exemplo, bolos, comida pronta congelada e frituras. Também vale a pena investir em suplementos como o SSX que ajudam muito no controle do apetite.

Além da alimentação, é muito importante que pratique atividade física, pelo menos, 3 vezes por semana, já que o exercício vai aumentar o metabolismo, melhorar a circulação sanguínea e ajudar no bom funcionamento do intestino, ​acelerando a perda de peso e melhorando a saúde do organismo.

Além disso, você pode optar pela ajuda de suplementos naturais que ajudarão ainda mais a emagrecer e, o melhor, de uma forma saudável.

Quanto tempo demora para ganhar massa muscular

A procura por um corpo definido e livre de gordura é uma demanda universal de homens e mulheres de todas as idades, cujo cuidado com a saúde e a estética leva a que sua preocupação se centre em quanto tempo demora para ganhar massa muscular. Se você também tem o objetivo de conseguir uma silhueta sequinha, confira o artigo abaixo com todas as dicas úteis para saber quanto tempo demora para ganhar massa muscular!

Afinal, quanto tempo demora para ganhar massa muscular?


Dependendo do biotipo, genética, hábitos de vida e exercícios praticados, é possível afirmar que um indivíduo demora, em média, 06 meses para ganhar massa muscular. No entanto, ao longo do tempo é possível verificar algumas mudanças significativas ao nível do corpo após o início da prática de atividade física regular, a saber:

  • 1º e 2º meses: período de adaptação do corpo à atividade, em que o indivíduo sente mais dores e durante o qual o desenvolve sua força, resistência e flexibilidade;
  • 3º mês: verifica-se uma maior queima da gordura acumulada e, apesar de não se registrar ganhos musculares significativos, a flacidez diminui consideravelmente e o processo de emagrecimento fica facilitado por conta do aumento da atividade metabólica;
  • 4º e 5º meses: registra-se uma diminuição significativa da gordura e uma maior liberação de endorfinas no organismo, melhorando a condição física do indivíduo e o seu bem estar.

É importante atentar também que tríceps, parte interna das coxas e panturrilhas são os grupos musculares que mais tempo demoram a desenvolver-se em relação às restantes partes do corpo sujeitas à prática de exercício físico.

Conheça os cuidados a ter para ganhar massa muscular

Independentemente de quanto tempo demora para ganhar massa muscular, existem cuidados a ter para que o desenvolvimento dos músculos se realize em condições de total segurança para o indivíduo:

  • Praticar uma alimentação equilibrada, com ingestão de alimentos frescos e com elevado teor de proteínas em todas as refeições;
  • Tomar suplementos proteicos – é imprescindível que este recurso seja validado por um profissional de saúde, de maneira a aferir potenciais contra-indicações tendo em conta as características do indivíduo em causa;
  • Dormir pelo menos 08 horas por noite (é durante o período de repouso que o organismo se recupera do desgaste provocado pelos treinos, regenera os tecidos e procede à consolidação do tecido muscular);
  • Respeitar a rotina de treinos implementada pelo(s) especialista(s) de educação física, nomeadamente no que diz respeito ao tempo e frequência de prática, tipo de exercício, cargas e período de repouso.