Disfunção Sexual Feminina

Muitas mulheres sentem um mal-estar ou mesmo um calafrio só de pensar em sexo. E esse tipo de sentimento tem nome, chama-se disfunção sexual feminina, é uma questão patológica, e deve ser tratada por especialistas.

Para ser mais exato, mais da metade da população feminina brasileira, sofre com esse problema. Essas disfunções podem aparecer em qualquer fase da vida e por diversos motivos diferentes. Veja alguns exemplos:

  • Desejo sexual hipoativo (DSH): completa falta de interesse pelo sexo, como se não fizesse diferença;
  • Transtorno de excitação ou frigidez: incapacidade de manter a lubrificação e/ou a excitação;
  • Anorgasmia: impossibilidade de chegar ao orgasmo, ou seja, mulheres com essa disfunção não possuem orgasmo;
  • Dispareunia: dor genital durante a relação sexual;
  • Vaginismo: contração involuntária dos músculos na região vaginal, que impede a penetração;

Principais causas da disfunção sexual feminina

Saiba quais são os principais motivos causadores da disfunção sexual feminina e descubra se você faz parte de algum desses grupos:

  • Fatores orgânicos: antes de buscar tratamento com um terapeuta, é importante investigar possíveis motivos orgânicos para o surgimento da disfunção sexual feminina. Como desequilíbrios hormonais, nódulos doloridos, infecções genitais e outros.
  • Insegurança: o acesso livre e variado a materiais sexuais como revistas, vídeos e a internet, podem tanto estimular as fantasias sexuais, quanto fazer com que a mulher entre em conflito com seus limites morais e psíquicos. Gerando medo de não corresponder às expectativas do parceiro.
  • Parceiros apressados: o parceiro que não respeita o tempo da mulher para alcançar o orgasmo, que na grande maioria é maior, pode acabar gerando disfunções como DSH, dispareunia e vaginismo.
  • Problemas no relacionamento: ser tratada como objeto ou mesmo brigas podem desencadear problemas como a DSH e ao vaginismo.
  • Excesso de cansaço: mulheres que possuem uma rotina muito corrida, podem experimentar um cansaço excessivo, que acaba inibindo o desejo sexual.

Existem ainda muitos outros fatores responsáveis pelo desenvolvimento da disfunção sexual feminina, conheça mais alguns nesse vídeo disponível no YouTube:

Tratamentos para a disfunção sexual feminina

Existem tratamentos disponíveis atualmente para a correção da disfunção sexual feminina que vão desde farmacológicos naturais e industrializados, neste caso embora a maioria dos produtos para melhorar o sexo seja voltado para homens, existem alguns que podem ser usados por ambos,o power blue funciona mesmo, para homens e para mulheres, é uma excelente opção para melhorar a vida sexual, outros tratamentos podem ser a reposição hormonal e terapia. Dependendo do problema, a fisioterapia também pode ser uma excelente aliada na resolução do problema.

Existem diversas intervenções fisioterápicas e exercícios que pode melhorar consideravelmente problemas de disfunção sexual feminina.

É importante que independente do seu tipo de disfunção sexual, ou grau, você procure um ginecologista e tire todas as suas dúvidas. Apenas em uma consulta, com um médico especializado, você encontrará um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz para acabar com esse problema.

Não perca tempo, procure hoje mesmo seu médico de confiança e solicite uma consulta, quanto antes você resolver essas questões de disfunção sexual feminina, mais cedo você poderá ter uma melhor qualidade de vida e maiores momentos de prazer com seu parceiro.

A sexualidade feminina, em especial, é capaz de influenciar diretamente qualidade da saúde física e mental, podendo ser afetada por fatores orgânicos, emocionais e sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *