Reeducação Alimentar Para Emagrecer

Um grande aliada de todos milhões de pessoas que sofrem com o excesso de peso no mundo é a reeducação alimentar, ela sim é um método comprovado e indiscutível. A mudança na maneira de se alimentar, com certeza ajuda a emagrecer.

Dentro de um processo de reeducação alimentar não é contemplado o sofrimento que existe nas dietas restritivas que existem aos montes na internet. A proibição de uma classe de alimentos também não é mais inteligentes pois necessitamos de nutrientes de variadas fonte. Por isso uma adequação de hábitos alimentícios é o mais adequado.

Dicas para fazer uma reeducação alimentar

Já foi dito que a reeducação alimentar possibilita o emagrecimento, e isso se dá de uma maneira totalmente saudável. O ideal é procurar um nutricionista que possa auxiliar no processo. Veja por exemplo no vídeo a seguir.

Existem em um contexto geral algumas dicas que sempre são válidas.

  • Aumente o número de refeições
  • Diminua a quantidade de alimentos em cada refeição
  • Diminua a quantidade de sódio ingerido
  • Reduza a ingestão de gorduras
  • Evite adicionar açúcar quando o alimento já tiver
  • Corte os alimentos hipercalóricos inúteis, como refrigerante
  • Melhore com consumo de vitaminas, principalmente C e E
  • Comas mais fibras
  • Faça pratos muito coloridos
  • Escolha carboidratos complexos
  • Coloque peixe em algumas refeições

Fique atento para facilitar a reeducação alimentar

Fazer reeducação alimentar para perder peso não é o que de mais simples existe para ser feito, afinal, trata-se de uma mudança de hábitos. Por isso alguns é importante ficar atento a alguns pontos que podem ajudar no processo que se inicia.

  • Não fique contanto calorias

As calorias não devem ser sua preocupação principal, mas quais os nutrientes que está ingerindo e quantidade ideal de cada um. Se ficar focado apenas no quanto aquilo pode fazer com que ganhe peso, pode esquecer do mais importante, que é sua saúde.

  • Os líquidos são muito importantes

O funcionamento do seu corpo precisa de líquidos, sempre dê preferência para a água, e tome em média 10 copos por dia.

  • A qualidade dos alimentos é essencial

Procure alimentos que qualifiquem a sua dieta, façam bem para sua saúde. E que auxiliem na perda peso. Todas as classes de alimentos possuem opções que podem ser exploradas.

  • Saia da rotina

Uma rotina de alimentação que não muda te faz procurar outras opções que podem ser de fácil acesso e não se encontram no novo padrão que quer começar. Pense com antecedência em cardápio que possua todo o necessário sem que seja repetitivo.

Se você não sabe por onde começar recomendo dar uma olhada no Plano Alimentar da Sheila Trevisan, você pode conferir detalhes sobre ele no site abaixo:

nathy.com.br/plano-3×4-da-sheila-trevisan-funciona-veja-como/

Este é um plano de emagrecimento que tem ajudado muitas mulheres e homens a perder peso com saúde!

Dicas para limpar seu organismo e melhorar a saúde

Está se sentindo cansada demais ou sem energia no seu dia a dia? Isto pode estar acontecendo porque seu organismo está muito intoxicado e os órgãos internos não funcionam muito bem por conta disso. A maioria das pessoas sofrem deste problema e nem sabem, a boa notícia é que dá pra limpar o organismo e resolver a situação rapidamente para que você volte a ter disposição e muito mais qualidade de vida.

Para desintoxicar o organismo é muito importante favorecer o funcionamento dos rins, que são os encarregados de depurar e eliminar as toxinas e resíduos.

Como saber se precisamos desintoxicar nosso organismo? Em meio à correria, falta de tempo e as obrigações do dia a dia, muitas vezes recorremos a comidas do tipo fast food, semi prontas, processadas ou refinadas, com a consequente ingestão de gordura ou químicos como conservantes.

Mas essas não são as únicas toxinas que assimilamos, além dessas também somos expostos às que estão espalhadas no meio ambiente, como a fumaça do cigarro, a água contaminada, metais pesados e outros químicos.

O cansaço, o corpo pesado, problemas intestinais, pressão alta, dores de cabeça, olheiras, obesidade, falta de energia, mal humor ou depressão e estresse, são avisos que nos indicam sem dúvidas a necessidade de começar uma dieta desintoxicante.

Dicas gerais para se desintoxicar

Beber água com limão é um dos métodos mais simples e eficazes para limpar o fígado. Portanto, se recomenda que se consuma água com limão pura entre 6 a 8 vezes por dia.

  • Beba um mínimo de um litro e meio a dois litros de água por dia.
  • Evite as bebidas alcoólicas e refrigerantes. O vinho está permitido, mas nas seguintes proporções: meia taça de vinho tinto para as mulheres e uma taça de vinho tinto para os homens, acompanhando cada refeição.
  • Aumente a ingestão de frutas, verduras, cereais e frutos secos.
  • Trate de reduzir ao máximo o consumo de sal; quanto mais você puder reduzir, melhor. Se você for usar sal, acrescente-o em pouca quantidade. Uma vez que os alimentos estejam cozidos, prove para saber se o sal está suficiente. Se você puder, mude para sal marinho.
  • Reduza ao máximo a ingestão de carne de boi e porco.
  • Não frite os alimentos, cozinhe-os com um toque de azeite ao fundo do forno ou na frigideira.
  • Mastigue bem os alimentos até converte-los em uma pasta.
  • Elimine o consumo de açúcar processado, substitua por mel ou açúcar mascavo.
  • Incorpore alimentos ricos em fibras naturais na sua dieta.
  • Prefira comer as frutas e verduras de temporada e em uma ampla variedade mesclando cores, isso fará com que você incorpore uma maior variedade de vitaminas.
  • Prefira cozinhar a vapor ao invés de ferver.
  • Aprenda a cozinhar molhos com pouco ou nada de óleo.
  • Prefira o azeite de oliva extra virgem às outras variedades. Não use azeite para fritar, adicione-o a molhos e saladas já preparadas. Prefira usar azeite cru a usa-lo para cozinhar.

Alimentos que ajudam a desintoxicar o intestino

O brócolis é um dos chamados “superfoods” (super alimentos) por suas propriedades nutritivas e antioxidantes.

Coma alimentos ricos em fibras como verduras de folhas verdes (acelga, espinafre, brócolis), se possível crus ou ao vapor; alface; frutas cítricas e ameixas secas; granola, frutos secos e cereais como a aveia.

Também certas ervas ou alimentos como:

Psyllium ou Psílio: dessa planta se usa tanto suas sementes como a casca das mesmas. Alivia a prisão de ventre, porque é um laxante natural suave. Coloque entre 3 e 5 gramas da casca (ou 7g de sementes) em ao menos, ¼ litro de água.
Cáscara Sagrada: é obtida do tronco da árvore Rhamnus purshiana e se utiliza como laxante. Deve ser consumida em pequenas quantidades.
Alho: tradicional anti séptico, desintoxica o intestino. Pode funcionar tanto como laxante quanto depurativo de parasitas intestinais.

Alimentos e ervas para desintoxicar o fígado

O boldo tem propriedades para cuidar da saúde, tem efeitos benéficos com relação às disfunções estomacais e hepáticas.

Chá de boldo, cardo-mariano, dente de leão, ruibarbo, chicória e berberis: estimulam a produção de bile e protegem o fígado, além de colaborar com a digestão.
Alcachofra: ajuda o fígado, descompondo a gordura.
Beterraba: limpa o fígado e purifica o sangue.
Brassicáceas (como o brócolis, a couve-lombarda, etc.): neutralizam os efeitos da fumaça do cigarro e colaboram no processo de desintoxicação do fígado.
Cardo mariano: protetor natural do fígado.
Trevo vermelho: elimina toxinas do fígado e dos rins.
Raiz de dente de leão: estimula a eliminação das toxinas do fígado.

Desintoxicar o organismo de forma natural.

O limão ocupa o primeiro lugar entre os frutos curativos, preventivos e de fonte de vitaminas, o transformando em um grande eliminador de toxinas.

Cenouras: desintoxicam o organismo de metais pesados, assim como os pomelos (também chamados laranja-natal).
Limão: o líder em desintoxicação.
Cebolas: limpam o sistema respiratório.
Espirulina: alga hepato-protetora (protetora do fígado), desintoxica o organismo de metais pesados e beneficia os rins.
Chá verde: por conta de seus polifenóis é considerado um poderoso antioxidante, previne o câncer e reforça o sistema imunológico.
Como último conselho, antes de começar uma dieta para desintoxicar o organismo, consulte um nutricionista ou endocrinologista, únicos profissionais indicados para avaliar suas necessidades e elaborar uma dieta personalizada e balanceada.

Também saberá avaliar suas características particulares a fim de te aconselhar a melhor atividade física para você, de acordo com sua idade e condição física atual.

Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos!