O que é a Impotência Sexual e quais as principais causas e sintomas?

A impotência sexual masculina, também conhecida como disfunção erétil é a incapacidade de conseguir uma ereção ou mantê-la, fazendo com que a relação sexual não seja satisfatória.

Outros problemas sexuais devem ser diferenciados. São eles:

  • Falta de desejo;
  • Alterações na ejaculação (ejaculação precoce, atrasada ou a falta dela);
  • Transtornos nos orgasmos

A impotência pode afetar diretamente o relacionamento caso não seja tratada. O pior é que por se tratar de um assunto muito íntimo e pessoal, muitas pessoas não se sentem à vontade para procurar ajuda, o que acaba afetando não apenas o relacionamento com o parceiro, mas a relação familiar, social e até profissional.

Todos os homens podem passar por este tipo de problema algum dia e algumas podem ser as causas:

  • Cansaço físico;
  • Estresse;
  • Efeitos do excesso de álcool ou outras drogas;
  • Algumas doenças.

Quais são as causas da disfunção erétil?

Existem diferentes causas para a impotência sexual, sendo as principais, psicológicas, vasculares, neurológicas, hormonais e relacionadas ao uso de determinados medicamentos, das quais vamos falar um pouquinho para que você entenda melhor.

As causas psicológicas – Quando esta é a causa, o pênis não apresenta alteração física. A ansiedade por exemplo pode causar o medo de a ereção não acontecer, ou de não realizar a parceira e este medo sim, interfere no ato sexual. A depressão é também uma condição psicológica que interfere no desempenho sexual. São consideradas causas psicológicas ainda, o excesso de preocupação, que geralmente estão relacionadas ao trabalho, problemas sociais, financeiros ou familiares.

Causas Vasculares – Não é uma causa muito comum, tampouco deve ser ignorada. A disfunção por esta causa acontece quando o pênis não consegue acumular a quantidade necessária para manter a ereção. O tabagismo, a diabetes e a hipertensão são causas do aumento do colesterol e em consequência deste aumento, os problemas vasculares poderão afetar a vida sexual.

Causas Neurológicas – A impotência por causas neurológicas acontece baseada na interrupção do envio de mensagens do cérebro ao pênis. Uma lesão nos nervos é o que implica. Quando há lesões na medula espinhal, esclerose múltipla e a pessoa passou por intervenções cirúrgicas da pélvis causam as lesões mencionadas.

Causas hormonais – Em pessoas de ambos os sexos, esse tipo de impotência acontece devido a falta do hormônio sexual.

Causas químicas – A causa química está relacionada ao efeito de medicamentos. Alguns medicamentos têm como efeito colateral, a capacidade de diminuir a ereção, entre eles alguns remédios para o controle da hipertensão, tratamentos cardíacos e para o tratamento de problemas psiquiátricos. Neste caso é possível resolver cortando os medicamentos e fazendo uso de suplementos que estimulam a ereção, como o AzuPower, produto 100% natural e que é comprovado ter eficiência.

Sintomas da Impotência Sexual

O principal sintoma da disfunção erétil é sem dúvida a mudança na qualidade da ereção. Estamos falando da falta de ereção ou da incapacidade de manter a mesma, mas isto não é tudo, outo sintomas podem ser desencadeados como por exemplo não ter ou conseguir manter ereções matutinas. Ainda em consequência disto pode acontecer a baixa da auto estima, depressão e mal estar.

A melhor solução é buscar ajuda de um profissional logo ao identificar os primeiros sintomas.

 

Quais são os riscos de usar plantas medicinais?

As plantas medicinais são usadas há milênios, em inúmeras culturas diferentes, para o tratamentos de diferentes doenças e problemas de saúde que vão dos mais graves até os mais simples, sempre sendo consideradas como alternativas naturais que não contam com efeitos colaterais. Mas, será que isso é completamente verdade?

Você já se perguntou quais são os riscos de usar plantas medicinais? Afinal, é comum vermos em algumas indicações de uso uma quantidade restrita de consumo e, se existe um limite de uso, existe um risco. É exatamente isso que veremos neste artigo. Acompanhe.

Muita gente nem imagina, mas algumas plantas medicinais e até mesmo apenas ornamentais são tóxicas ao nosso organismo, você pode ter até algumas em casa, veja:

Além disso, a maioria delas não possuem sua eficiência medicinal comprovada, e algumas delas ainda são consideradas cancerígenas ou mutagênicas. Embora muitas delas ajudem a combater o câncer como o Aranto e Aveloz.

De maneira geral, a maioria das plantas medicinais podem promover efeitos colaterais quando usadas em excesso ou até mesmo usadas dentro do recomendado, mas por pessoas mais sensíveis, como:

  • Irritações intestinais;
  • Dores abdominais;
  • Dores de cabeça;
  • Hemorragias;
  • Problemas no fígado;
  • Abortos, e mais.

Entre as plantas capazes de promover abortos, por exemplo, é possível citar a carqueja, a babosa, a arruda e o melão-de-São-Caetano. Já o ginkgo biloba, quando usado em associação com o ácido acetilsalicílico (o famoso AS), pode ser responsável por promover hemorragias internas. Além deles, já ficou comprovado que o mastruz possui efeito tóxico no fígado em crianças.

Por isso, é sempre importante consultar um médico antes de iniciar o uso de uma planta medicinal e sempre seguir à risca as quantidades diárias recomendadas.

E, se você estiver grávida, tenha sempre um cuidado redobrado, pois, as ervas citadas aqui são apenas algumas das muitas que podem promover abortos.

Outros riscos de usar plantas medicinais

plantas medicinais, quais são os riscos?

Outro risco muito comum quando falamos do uso de plantas medicinais está relacionado a identificação da planta. Algumas plantas benéficas a saúde, são muito parecidas com outras extremamente nocivas e essa similaridade pode ser muito perigosa.

Por isso, é fundamental ter a certeza de que está colhendo a planta certa, e como isso é muito difícil às vezes, o mais indicado sempre é que se compre as ervas em casas especializadas ou de pessoas que realmente possuem conhecimento sobre o assunto.

Agora que você conhece quais são os riscos de usar plantas medicinais, esteja sempre atento ao que consome e nas quantidades. Fazendo isso, não há com o que se preocupar.

5 tratamentos caseiros para estrias

Todo mundo que possui estrias sabe como elas são capazes de incomodar profundamente, mesmo que não sejam em áreas visíveis. Existem muitos tratamentos caseiros para estrias que prometem eliminar as estrias, mas é importante que você saiba que conseguir acabar por completo com elas, em especial as brancas, é impossível.

As estrias são cicatrizes formadas pelo rompimento das fibras de colágeno da pele. Ou seja, para que sejam completamente eliminadas existem apenas duas possibilidades, serem tratadas assim que aparecem e possuem aquela cor avermelhada, ou intervenção cirúrgica.

Conheça 5 tratamentos caseiros para estrias

A seguir você verá algumas possibilidades de esfoliantes e as receitas de dois cremes de tratamentos caseiros para as estrias:

  1. Borra de café: basta misturar 2 colheres (sopa) de borra de café com um pouco de azeite de oliva, até formar uma pasta;
  2. Fubá com iogurte: misture 2 colheres (sopa) de iogurte natural com 2 colheres de fubá grosso;
  3. Óleo de amêndoas e açúcar: misture 2 colheres (sopa) de açúcar branco com a mesma quantidade de óleo de amêndoas.
  4. Creme de tratamento 01: você vai precisar de 01 pote de creme Nívea (aquele da lata pequena de cor azul), 01 tubo de pomada para assadura (Hipoglós), 01 frasco (100ml) de óleo de amêndoas, 01 ampola de vitamina A (Arovit). Misture os ingredientes até que fique homogêneo e armazene em um pote limpo e esterilizado (passe água fervente) com tampa. Aplique todos os dias na região afetada, após o banho e a esfoliação.
  5. Creme de tratamento 02: para esta receita você precisará de Bepantol (pomada), óleo de semente de uva e uma bucha vegetal. Neste vídeo você pode acompanhar o preparo deste creme e o modo de aplicação:

Além dessas receitas de cremes, vale a pena investir no uso de óleos naturais como o de rosa-mosqueta ou mamona ou pode usar um creme completo que já tem estes componentes como o Skin Renov, considerado o melhor creme para estrias do Brasil. Eles apresentam excelentes resultados e podem ser facilmente encontrados em lojas de cosméticos e produtos naturais.

Depois de conhecer 5 tratamentos caseiros para estrias, você saberá exatamente como reduzi-las ou preveni-las. E, lembre-se quanto mais recentes elas forem, melhores serão os resultados dos tratamentos.

Entenda o que é a celulite

Praticamente todas as mulheres sofrem com um problema em comum, a celulite. O que a maioria delas não entende é que a melhor maneira de acabar com esse problema é entendendo melhor como ele acontece.

Neste artigo você aprenderá o que é a celulite e como combatê-la. Acredite: com esse entendimento e as dicas que passaremos aqui, você certamente terá sucesso nessa luta. Para começar, vale a pena assistir o vídeo onde uma médica explica melhor o que é a celulite:

Aprenda o que é a celulite e como combatê-la

A seguir apresentaremos uma explicação simples para que você entenda o que é a celulite e como combatê-la. A celulite é uma condição física, extremamente comum, causada pelo acúmulo de gordura, toxinas e água nas células próximas a pele.

Esse acúmulo de substâncias faz com que as células se tornem rígidas e promovam o aspecto de casca de laranja da celulite.

A celulite pode acontecer em quatro graus diferentes, sendo o primeiro o mais ameno, aquele em que ela só é visível pressionando a pele, e o quarto o mais grave, aquele grau onde é possível observar a celulite facilmente e geralmente ela causa muita dor.

Dicas de como combater a celulite

As principais causas da celulite são o acúmulo de gordura, a retenção hídrica e o acúmulo de toxinas no organismo. Logo, a melhor maneira de combatê-las é:

  • Eliminando o excesso de gordura: procure investir em uma alimentação balanceada e atividades físicas diárias. Assim, além de conquistar uma saúde melhor, você também se livrará da celulite;
  • Beba bastante água: muitas pessoas afirmam que o ideal é beber dois litros de água por dia, no entanto, essa quantidade variará de acordo com a sua altura, peso e sexo. É preciso também considerar a rotina de exercícios físicos para que possa ser encontrada uma quantidade ideal diária de água. Podemos adiantar que esses dois litros por dia são considerados o mínimo para a manutenção de uma boa saúde;
  • Elimine as toxinas do seu organismo: o consumo ideal de água ajuda a eliminar as toxinas do organismo, mas existem outras coisas que podem ser feitas para que elas sumam. A primeira delas é evitar o consumo de substâncias tóxicas. Investir em alimentos como o inhame, por exemplo, também ajuda. Por fim, a prática de exercícios físicos auxilia na eliminação dessas toxinas através do suor.
  • Use Cremes: Alguns produtos tem uma eficiência muito boa no combate a celulite, o Celumax Funciona mesmo e é um destes.

Agora que você sabe o que é a celulite e como combatê-la, poderá começar a preparar seu corpo para ser mais saudável e bonito!

Exercícios que podem melhorar o desempenho sexual

Exercícios para melhorar o desempenho sexual, são também uma maneira de ter qualidade de vida. A maior parte das pessoas, faz uso de vários produtos para tentar obter mais vigor. Mas, isso pode não fornecer os resultados a longo prazo, além de possuir alguns efeitos colaterais incômodos.

Exercícios diários, podem ser uma opção viável para aumentar a saúde sexual. Algumas dicas podem ser vistas no vídeo a seguir.

Aqui, vamos apresentar para você, exercícios e alongamentos que podem melhorar o desempenho sexual e acabar com pau mole

Prancha

A prancha é um dos melhores exercícios para aumentar sua performance no quarto. Nesta posição, você tem de manter o corpo reto, estendendo as pernas para trás e mantendo os braços em sustentação. Aguarde pelo menos 20 segundos de forma estática. Faça uma média de dez repetições por dia.

Agachamento

Este exercício é útil para aumentar o fluxo sanguíneo para os lugares que potencializam sua libido. Você precisa estar ereto, com os pés a uma distância que fique na largura dos ombros. Mantenha os pés colados no chão e inicie devagar o agachamento. O movimento se assemelha a ação de sentar em uma cadeira. Mova-se para cima e para baixo lentamente. Procure fazer entre 10 e 30 repetições.

Ponte

Este é outro exercício capaz de melhorar o desempenho sexual. Ele ajuda a fortalecer a parte inferior das costas, glúteos e tendões. Para executar os movimentos, você deve ficar deitado de costas com os joelhos dobrados e seus pés bem apoiados no chão. Coloque os braços ao lado do corpo, levante os quadris e esprema os músculos glúteos. Mantenha a posição por 10 segundos, e faça 10 repetições.

Flexões

As flexões aumentam sua resistência e auxiliam no seu vigor sexual. Neste exercício comece como na posição da prancha. Desça corpo lentamente em direção ao chão até que o peito quase toque o assoalho. Expire e volte empurrando o corpo para cima até voltar à posição inicial. Para tornar o movimento mais fácil, separe os pés a uma distância maior um do outro, ou, faça flexões com os joelhos apoiados no chão.

Você pode explorar muitas opções para melhorar o seu desempenho sexual, essas são apenas algumas delas. Lembre da disciplina para alcançar o que deseja.

Pensar positivo faz bem para saúde e pro bolso

Você gosta de ficar perto de pessoas negativas que sempre reclamam da vida? Pois é, eu também não, mesmo porque se convivermos muito com este tipo de pessoa o que pode acontecer é nos tornarmos semelhantes a elas, começarmos a ver a vida de uma forma negativa também e quando menos percebermos estaremos reclamando de tudo e todos e as coisas começarão a dar muito errado, isto não é superstição é a realidade.

Embora exista muita baboseira dita por aí a respeito de pensamento positivo, a verdade é que isto funciona, não como uma fórmula mágica para conseguir tudo que você deseja sem ter que fazer nada para isto, se fosse assim, bastaria cruzar os braços, pensar positivo e tudo aconteceria, mas sabemos que não é assim que as coisas funcionam, caso contrário quase todo mundo seria rico, feliz e super bem sucedido em tudo na vida.

O pensar positivo funciona sim, porém é preciso aprender a tomar atitude juntamente com isto, e se alguém não tem uma visão boa de si mesmo, dificilmente vai conseguir tomar atitude para fazer as coisas acontecerem em sua vida, por isto é muito importante este primeiro passo de pensar positivo, especialmente a respeito de você, do que você é e do que é capaz de realizar o Físico Quântico John Brower, esmiúça isto no Curso Manifestando O Segredo de uma forma muito clara e fácil de entender.

Se você se imagina uma pessoa incapaz ou que não vai ter forças para realizar determinadas tarefas ou coisas na sua vida pessoal, então ninguém vai acreditar em você também e você não vai sair do lugar, por isto é fundamental aprender a ter uma boa imagem de si mesmo e eliminar da sua mente e da sua boca pensamentos e palavras como:

– Não consigo
– Não posso
– Não sei
– Não sou capaz
– Não vai dar certo

E tantas outras na mesma linha negativa…

Ao invés disso comece a pensar positivo, diga para si mesmo:

– Eu posso
– Eu vou conseguir
– Eu sou capaz
– É possível
– Vai funcionar

Parece besteira, mas apenas com esta simples mudança de pensar, você vai ver como seu agir também vai mudar e tudo ao seu redor vai começar a melhorar para melhor, quanto mais os dias passarem com você tendo esta atitude pensativa e só pensando coisas boas, mais vai atrair sucesso e realização pessoal, profissional e amorosa. Aprenda como educar sua mente para pensar positivo: