Alimentos proibidos para quem deseja perder peso

Mais da metade da população brasileira encontra-se acima do peso, e com a aproximação do verão, a grande maioria delas sai em busca de dicas para perder peso e conquistar o corpo dos sonhos.

Pensando nisso, preparamos esse artigo com dicas de alguns alimentos proibidos para quem está em busca do emagrecimento efetivo e saudável.

Alimentos proibidos para quem busca perder peso

O fator principal da eliminação desses alimentos a seguir, é o fato de todas essas opções serem comidas expressamente processadas, ou seja, estão longe de serem comida de verdade. Por se tratarem de produtos industrializados, todos eles são muito carregados de corantes, conservantes e diversos produtos químicos que são utilizados para dar sabor, aroma, textura etc.

  • Refrigerante
  • Salsicha
  • Produtos light ou diet
  • Industrializados congelados (pizza, lasanha, nugget etc.)
  • Sucos em pó
  • Macarrão instantâneo,
  • Temperos prontos,
  • Chocolate ao leite
  • Sorvete,
  • Pão,
  • Doces e chocolates,
  • Pizza, salgados e lanches,
  • Biscoito de polvilho
  • Farofa

Se você pretende seguir uma dieta de emagrecimento Low Carb. Você encontra algumas dicas sobre essa e outras questões do emagrecimento no canal do Dr. Juliano Pimentel.

Além de cortar os alimentos industrializados, também é preciso diminuí drasticamente a ingestão de carboidratos. Tais como:

  • Queijos processados: isso inclui queijo branco, cottage e requeijão;
  • Leite: inclui os desnatados e sem lactose;
  • Iogurtes
  • Pão e granola, exceto as low carb;
  • Margarina, todas as marcas;
  • Frutas em excesso, especialmente as ricas em açúcar: laranja, melancia, manga, pinha…
  • Açúcar: refinado, branco, marrom, demerara, de coco, de beterraba, mel e afins)
  • Aveia;

Como conseguir uma perda de peso mais efetiva?

Seguir uma dieta altamente restritiva, quando temos o hábito de comer demais, pode ser a coisa mais complicada que existe. Não só porque vivemos rodeados de comidas e propagandas sobre elas, como porque também somos seres humanos dotados de emoção.

É preciso deixar claro também, que nosso paladar já conhece esses alimentos, e nós fomos condicionados a gostar deles desde sempre. O que torna ainda mais difícil a eliminação desses alimentos industrializados. Uma coisa que pode ajudar a diminuir o apetite é usar suplementos naturais como o HibiSlim, que atua também acelerando a queima de gordura.

Por isso, comece gradativamente, exclua primeiro da sua vida os alimentos proibidos para o emagrecimento. Afinal, seu objetivo com a alimentação vai além de ter uma vida saudável. Também passa pela perda de peso.

Vale também investir na prática de exercícios físicos, afinal, ajudam muito na perda de peso e diminuição da silhouette e do número das calças. Se você for muito sedentário, tente começar com uma caminhada 3 vezes por semana, de no mínimo 30 minutos de duração.

Além disso, busque o auxílio com um profissional da área, um nutricionista é altamente qualificado para criar para você um cardápio adaptado a sua rotina e seus hábitos alimentares, para que você possa perder peso de maneira muito mais saudável, efetiva e sem sofrimento. Além claro que seguir essa lista de alimentos que são proibidos para quem busca o emagrecimento.

Portanto, não existem mais desculpas, procure hoje mesmo um nutricionista e de início a uma nova fase da sua vida, livre de excesso de pesos e problemas de saúde.

Reeducação Alimentar Para Emagrecer

Um grande aliada de todos milhões de pessoas que sofrem com o excesso de peso no mundo é a reeducação alimentar, ela sim é um método comprovado e indiscutível. A mudança na maneira de se alimentar, com certeza ajuda a emagrecer.

Dentro de um processo de reeducação alimentar não é contemplado o sofrimento que existe nas dietas restritivas que existem aos montes na internet. A proibição de uma classe de alimentos também não é mais inteligentes pois necessitamos de nutrientes de variadas fonte. Por isso uma adequação de hábitos alimentícios é o mais adequado.

Dicas para fazer uma reeducação alimentar

Já foi dito que a reeducação alimentar possibilita o emagrecimento, e isso se dá de uma maneira totalmente saudável. O ideal é procurar um nutricionista que possa auxiliar no processo. Veja por exemplo no vídeo a seguir.

Existem em um contexto geral algumas dicas que sempre são válidas.

  • Aumente o número de refeições
  • Diminua a quantidade de alimentos em cada refeição
  • Diminua a quantidade de sódio ingerido
  • Reduza a ingestão de gorduras
  • Evite adicionar açúcar quando o alimento já tiver
  • Corte os alimentos hipercalóricos inúteis, como refrigerante
  • Melhore com consumo de vitaminas, principalmente C e E
  • Comas mais fibras
  • Faça pratos muito coloridos
  • Escolha carboidratos complexos
  • Coloque peixe em algumas refeições

Fique atento para facilitar a reeducação alimentar

Fazer reeducação alimentar para perder peso não é o que de mais simples existe para ser feito, afinal, trata-se de uma mudança de hábitos. Por isso alguns é importante ficar atento a alguns pontos que podem ajudar no processo que se inicia.

  • Não fique contanto calorias

As calorias não devem ser sua preocupação principal, mas quais os nutrientes que está ingerindo e quantidade ideal de cada um. Se ficar focado apenas no quanto aquilo pode fazer com que ganhe peso, pode esquecer do mais importante, que é sua saúde.

  • Os líquidos são muito importantes

O funcionamento do seu corpo precisa de líquidos, sempre dê preferência para a água, e tome em média 10 copos por dia.

  • A qualidade dos alimentos é essencial

Procure alimentos que qualifiquem a sua dieta, façam bem para sua saúde. E que auxiliem na perda peso. Todas as classes de alimentos possuem opções que podem ser exploradas.

  • Saia da rotina

Uma rotina de alimentação que não muda te faz procurar outras opções que podem ser de fácil acesso e não se encontram no novo padrão que quer começar. Pense com antecedência em cardápio que possua todo o necessário sem que seja repetitivo.

Se você não sabe por onde começar recomendo dar uma olhada no Plano Alimentar da Sheila Trevisan, você pode conferir detalhes sobre ele no site abaixo:

nathy.com.br/plano-3×4-da-sheila-trevisan-funciona-veja-como/

Este é um plano de emagrecimento que tem ajudado muitas mulheres e homens a perder peso com saúde!

Dicas para limpar seu organismo e melhorar a saúde

Está se sentindo cansada demais ou sem energia no seu dia a dia? Isto pode estar acontecendo porque seu organismo está muito intoxicado e os órgãos internos não funcionam muito bem por conta disso. A maioria das pessoas sofrem deste problema e nem sabem, a boa notícia é que dá pra limpar o organismo e resolver a situação rapidamente para que você volte a ter disposição e muito mais qualidade de vida.

Para desintoxicar o organismo é muito importante favorecer o funcionamento dos rins, que são os encarregados de depurar e eliminar as toxinas e resíduos.

Como saber se precisamos desintoxicar nosso organismo? Em meio à correria, falta de tempo e as obrigações do dia a dia, muitas vezes recorremos a comidas do tipo fast food, semi prontas, processadas ou refinadas, com a consequente ingestão de gordura ou químicos como conservantes.

Mas essas não são as únicas toxinas que assimilamos, além dessas também somos expostos às que estão espalhadas no meio ambiente, como a fumaça do cigarro, a água contaminada, metais pesados e outros químicos.

O cansaço, o corpo pesado, problemas intestinais, pressão alta, dores de cabeça, olheiras, obesidade, falta de energia, mal humor ou depressão e estresse, são avisos que nos indicam sem dúvidas a necessidade de começar uma dieta desintoxicante.

Dicas gerais para se desintoxicar

Beber água com limão é um dos métodos mais simples e eficazes para limpar o fígado. Portanto, se recomenda que se consuma água com limão pura entre 6 a 8 vezes por dia.

  • Beba um mínimo de um litro e meio a dois litros de água por dia.
  • Evite as bebidas alcoólicas e refrigerantes. O vinho está permitido, mas nas seguintes proporções: meia taça de vinho tinto para as mulheres e uma taça de vinho tinto para os homens, acompanhando cada refeição.
  • Aumente a ingestão de frutas, verduras, cereais e frutos secos.
  • Trate de reduzir ao máximo o consumo de sal; quanto mais você puder reduzir, melhor. Se você for usar sal, acrescente-o em pouca quantidade. Uma vez que os alimentos estejam cozidos, prove para saber se o sal está suficiente. Se você puder, mude para sal marinho.
  • Reduza ao máximo a ingestão de carne de boi e porco.
  • Não frite os alimentos, cozinhe-os com um toque de azeite ao fundo do forno ou na frigideira.
  • Mastigue bem os alimentos até converte-los em uma pasta.
  • Elimine o consumo de açúcar processado, substitua por mel ou açúcar mascavo.
  • Incorpore alimentos ricos em fibras naturais na sua dieta.
  • Prefira comer as frutas e verduras de temporada e em uma ampla variedade mesclando cores, isso fará com que você incorpore uma maior variedade de vitaminas.
  • Prefira cozinhar a vapor ao invés de ferver.
  • Aprenda a cozinhar molhos com pouco ou nada de óleo.
  • Prefira o azeite de oliva extra virgem às outras variedades. Não use azeite para fritar, adicione-o a molhos e saladas já preparadas. Prefira usar azeite cru a usa-lo para cozinhar.

Alimentos que ajudam a desintoxicar o intestino

O brócolis é um dos chamados “superfoods” (super alimentos) por suas propriedades nutritivas e antioxidantes.

Coma alimentos ricos em fibras como verduras de folhas verdes (acelga, espinafre, brócolis), se possível crus ou ao vapor; alface; frutas cítricas e ameixas secas; granola, frutos secos e cereais como a aveia.

Também certas ervas ou alimentos como:

Psyllium ou Psílio: dessa planta se usa tanto suas sementes como a casca das mesmas. Alivia a prisão de ventre, porque é um laxante natural suave. Coloque entre 3 e 5 gramas da casca (ou 7g de sementes) em ao menos, ¼ litro de água.
Cáscara Sagrada: é obtida do tronco da árvore Rhamnus purshiana e se utiliza como laxante. Deve ser consumida em pequenas quantidades.
Alho: tradicional anti séptico, desintoxica o intestino. Pode funcionar tanto como laxante quanto depurativo de parasitas intestinais.

Alimentos e ervas para desintoxicar o fígado

O boldo tem propriedades para cuidar da saúde, tem efeitos benéficos com relação às disfunções estomacais e hepáticas.

Chá de boldo, cardo-mariano, dente de leão, ruibarbo, chicória e berberis: estimulam a produção de bile e protegem o fígado, além de colaborar com a digestão.
Alcachofra: ajuda o fígado, descompondo a gordura.
Beterraba: limpa o fígado e purifica o sangue.
Brassicáceas (como o brócolis, a couve-lombarda, etc.): neutralizam os efeitos da fumaça do cigarro e colaboram no processo de desintoxicação do fígado.
Cardo mariano: protetor natural do fígado.
Trevo vermelho: elimina toxinas do fígado e dos rins.
Raiz de dente de leão: estimula a eliminação das toxinas do fígado.

Desintoxicar o organismo de forma natural.

O limão ocupa o primeiro lugar entre os frutos curativos, preventivos e de fonte de vitaminas, o transformando em um grande eliminador de toxinas.

Cenouras: desintoxicam o organismo de metais pesados, assim como os pomelos (também chamados laranja-natal).
Limão: o líder em desintoxicação.
Cebolas: limpam o sistema respiratório.
Espirulina: alga hepato-protetora (protetora do fígado), desintoxica o organismo de metais pesados e beneficia os rins.
Chá verde: por conta de seus polifenóis é considerado um poderoso antioxidante, previne o câncer e reforça o sistema imunológico.
Como último conselho, antes de começar uma dieta para desintoxicar o organismo, consulte um nutricionista ou endocrinologista, únicos profissionais indicados para avaliar suas necessidades e elaborar uma dieta personalizada e balanceada.

Também saberá avaliar suas características particulares a fim de te aconselhar a melhor atividade física para você, de acordo com sua idade e condição física atual.

Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos!

Quer emagrecer? Cuidado com os produtos light e diet

Quando pensamos em fazer uma dieta, a primeira coisa que fazemos é trocar os alimentos do nosso armário para produtos light e diet que tem menos açúcar, gordura, calorias ou sal, não é mesmo? Mas devemos tomar muito cuidado com esses tipos de produtos, pois para manter o sabor agradável para o consumidor, muitas vezes, a indústria compensa a redução de açúcar por gordura, por exemplo, deixando o alimento ainda mais calórico que a versão ‘normal’.

Além disso, se consumir todos os dias produtos diet ou light, pode ter um aumento em 3 vezes de desenvolver doenças degenerativas como Alzheimer ou de ter um AVC, por exemplo.

Por conta disso, você deve ler o rótulo e comparar as duas versões para saber entender qual nutriente foi retirado daquele produto e saber que alimentos light não podem ser consumidos à vontade, pois eles também têm toxinas, além de serem mais calóricos e, por isso, acabam engordando.

Saiba o momento certo de consumir alimentos Diet ou Light

Os produtos diet são indicados para as pessoas que são diabéticas e os light são ideias para quem tem gordura no fígado ou está fazendo regime para emagrecer. Por isso, a pessoa que não se encontra em nenhum desses casos, não deve consumir produtos Diet, nem Light, diariamente.

Mas mesmo as pessoas que “devem” consumir algum produto diet ou light, é necessário comparar essa versão com a ‘normal’, porque muitas vezes, a quantidade de gordura ou sódio é maior, e isso também prejudica a saúde. Conheça mais erros comuns cometidos por quem deseja emagrecer. Assista ao vídeo com a Dra. Izabelle Coe:

A grande diferença entre diet e light está na quantidade do nutriente que foi retirado do produto. Enquanto os alimentos diet têm zero ou apenas uma quantidade muito pequena do nutriente, os alimentos light têm apenas uma redução desse nutriente, que deve ser de pelo menos, 25%.

Saiba como emagrecer sem comer Diet e Light

É possível emagrecer sem comer produtos diet e light, basta optar por produtos integrais, que são ricos em fibras e vitaminas e minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Uma ótima dica é consumir, pelo menos, 3 frutas todos os dias, de preferência com casca, coma salada nas refeições principais e evite os alimentos ricos em açúcar e gordura, como por exemplo, bolos, comida pronta congelada e frituras. Também vale a pena investir em suplementos como o SSX que ajudam muito no controle do apetite.

Além da alimentação, é muito importante que pratique atividade física, pelo menos, 3 vezes por semana, já que o exercício vai aumentar o metabolismo, melhorar a circulação sanguínea e ajudar no bom funcionamento do intestino, ​acelerando a perda de peso e melhorando a saúde do organismo.

Além disso, você pode optar pela ajuda de suplementos naturais que ajudarão ainda mais a emagrecer e, o melhor, de uma forma saudável.

Quanto tempo demora para ganhar massa muscular

A procura por um corpo definido e livre de gordura é uma demanda universal de homens e mulheres de todas as idades, cujo cuidado com a saúde e a estética leva a que sua preocupação se centre em quanto tempo demora para ganhar massa muscular. Se você também tem o objetivo de conseguir uma silhueta sequinha, confira o artigo abaixo com todas as dicas úteis para saber quanto tempo demora para ganhar massa muscular!

Afinal, quanto tempo demora para ganhar massa muscular?


Dependendo do biotipo, genética, hábitos de vida e exercícios praticados, é possível afirmar que um indivíduo demora, em média, 06 meses para ganhar massa muscular. No entanto, ao longo do tempo é possível verificar algumas mudanças significativas ao nível do corpo após o início da prática de atividade física regular, a saber:

  • 1º e 2º meses: período de adaptação do corpo à atividade, em que o indivíduo sente mais dores e durante o qual o desenvolve sua força, resistência e flexibilidade;
  • 3º mês: verifica-se uma maior queima da gordura acumulada e, apesar de não se registrar ganhos musculares significativos, a flacidez diminui consideravelmente e o processo de emagrecimento fica facilitado por conta do aumento da atividade metabólica;
  • 4º e 5º meses: registra-se uma diminuição significativa da gordura e uma maior liberação de endorfinas no organismo, melhorando a condição física do indivíduo e o seu bem estar.

É importante atentar também que tríceps, parte interna das coxas e panturrilhas são os grupos musculares que mais tempo demoram a desenvolver-se em relação às restantes partes do corpo sujeitas à prática de exercício físico.

Conheça os cuidados a ter para ganhar massa muscular

Independentemente de quanto tempo demora para ganhar massa muscular, existem cuidados a ter para que o desenvolvimento dos músculos se realize em condições de total segurança para o indivíduo:

  • Praticar uma alimentação equilibrada, com ingestão de alimentos frescos e com elevado teor de proteínas em todas as refeições;
  • Tomar suplementos proteicos – é imprescindível que este recurso seja validado por um profissional de saúde, de maneira a aferir potenciais contra-indicações tendo em conta as características do indivíduo em causa;
  • Dormir pelo menos 08 horas por noite (é durante o período de repouso que o organismo se recupera do desgaste provocado pelos treinos, regenera os tecidos e procede à consolidação do tecido muscular);
  • Respeitar a rotina de treinos implementada pelo(s) especialista(s) de educação física, nomeadamente no que diz respeito ao tempo e frequência de prática, tipo de exercício, cargas e período de repouso.